top of page

Diagnóstico de Collie Eye Anomaly (CEA)

Por: Dra. Jaqueline Oliveira Rosa, Bióloga e PhD em Genética Animal


A Collie Eye Anomaly (CEA) é uma doença ocular hereditária que afeta o desenvolvimento da coróide e da esclera. A CEA é causada por mutação no gene NHEJ1, afeta principalmente raças de pastoreio e é a doença ocular hereditária mais comum em cães da raça Collie. Os cães afetados pela CEA podem variar de sintomas leves a moderados, sem comprometimento da visão ou possivelmente apresentar cegueira parcial ou total.


Tal doença pode ser diagnosticada através de exame oftalmoscópico durante 6-8 semanas de idade. Além desse período, a lesão provavelmente é coberta por pigmentação retiniana, fazendo com que o olho pareça normal e resultando em diagnósticos incorretos.


O diagnóstico por mapeamento genético, o qual identifica a mutação no gene NHEJ1 é extremamente eficaz e pode ser realizado desde o nascimento.


A testagem para diagnóstico precoce dos animais, principalmente das raças predispostas, que serão utilizados na reprodução é fundamental para que seja feita uma seleção reprodutiva dos cães, eliminando os animais acometidos da condição reprodutiva, pois mesmo portadores assintomáticos podem produzir filhotes afetados.


A DNA Pets realiza o diagnóstico genética de CEA pela técnica de PCR em tempo real, utilizando apenas uma amostra de saliva do cão, coletada por swab bucal. Entre em contato e saiba mais.



8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page